sábado, 3 de outubro de 2009

QUAL A MELHOR RELIGIÃO?



Qual a melhor religião?
Breve diálogo entre o teólogo brasileiro Leonardo Boff e o Dalai Lama
Leonardo Boff explica:

"No intervalo de uma mesa-redonda sobre religião e paz entre os povos,

na qual ambos (eu e o Dalai Lama) participávamos,

eu, maliciosamente, mas também com interesse teológico,

lhe perguntei em meu inglês capenga:

- "Santidade, qual é a melhor religião?"

(Your holiness, what`s the best religion?)

Esperava que ele dissesse:

"É o budismo tibetano"

ou

"São as religiões orientais, muito mais antigas do que o cristianismo."
O Dalai Lama fez uma pequena pausa, deu um sorriso, me olhou bem nos olhos

- o que me desconcertou um pouco, por que eu sabia da malícia

contida na pergunta -

e afirmou:

"A melhor religião é a que mais te aproxima de Deus, do Infinito".

É aquela que te faz melhor."

Para sair da perplexidade diante de tão sábia resposta, voltei a perguntar:

- "O que me faz melhor?"

Respondeu ele:

-"Aquilo que te faz mais compassivo"

(e aí senti a ressonância tibetana, budista, taoísta de sua resposta),

aquilo que te faz mais sensível, mais desapegado, mais amoroso, mais humanitário, mais responsável...

Mais ético...

A religião que conseguir fazer isso de ti é a melhor religião..."

Calei, maravilhado, e até os dias de hoje estou ruminando sua resposta sábia e irrefutável...

Não me interessa amigo, a tua religião ou mesmo se tem ou não tem religião.

O que realmente importa é a tua conduta perante o teu semelhante, tua família, teu trabalho, tua comunidade, perante o mundo...

Lembremos:

"O Universo é o eco de nossas ações e nossos pensamentos".

A Lei da Ação e Reação não é exclusiva da Física.

Ela está também nas relações humanas.

Se eu ajo com o bem, receberei o bem.

Se ajo com o mal, receberei o mal.

Aquilo que nossos avós nos disseram é a mais pura verdade:

"terás sempre em dobro aquilo que desejares aos outros".

Para muitos, ser feliz não é questão de destino.

É de escolha.

Pense nisso...

3 comentários:

Maria José disse...

Quanto postei este texto em meu blog há algum tempo atrás, recebi o comentário de uma pessoa anônima que disse: - Simples assim... e tão instigante! ...
E eu então, respondi:
- Acredito que seja simples no papel... mas muito difícil de se praticar. É preciso tempo para assimilar estes conceitos, contrários ao mundo ao nosso redor, poluído de fantasias. Mas penso que para quem acredita, é algo que desperta interesse e que provoca bons sentimentos.

Ainda penso desse modo. Beijos.

Gianete Rocha disse...

Não penso ser tão simples. Para assimilar este conceito tive que estudar muito. Fazer uma busca interior. Entender o que é ter fé realmente. A olhar nos outros como um espelho a refletir a mim mesma. A entender da grandiosidade de Deus que é meu Pai e nosso Pai. A ver em Jesus o Mestre, Irmão e amigo. Entender que todos somos irmãos. Ainda sim, erro clamorosamente.Todos os dias de minha vida. Há necessidade de estudo. Não aceitei ter uma fé cega, precisava de respostas. Construí um caminho de muito estudo, de muita leitura. Vivo em volta de livros. O meu computador é repleto de livros. Então, meus amigos, leia, busque respostas, pergunte, converse com as pessoas elas tem muito a nos dizer, a internet é um grande arquivo e podemos encontrar muitas coias boas, devemos ser imparcial, tudo, todos tem algo de bom para nos ensinar.Que a paz de Deus esteja sempre com todos. Abraços!

Gislene disse...

ELIZABETH,
DEUS É UM SÓ, NÃO IMPORTA O CAMINHO QUE NOS LEVA À ELE...
SE PROCURARES A FUNDO, A HISTÓRIA DAS RELIGIÕES, VERÁ QUE TODAS POSSUEM ALGO A ACRESCENTAR...
A FÉ É ALGO QUE INDEPENDE DE SE FILIAR A UMA SEITA, ORGÃO, COMUNIDADE... ELA ESTÁ EM NÓS, NA NOSSA FORÇA, EM NOSSOS PENSAMENTOS, EM NOSSAS ATITUDES...
SABE, NÃO TENHO PRECONCEITOS RELIGIOSOS, SOU UNIVERSALISTA, NÃO TENHO VERGONHA DE FALAR NÃO, GOSTO DE ESTUDAR ESPIRITISMO, ACOMPANHO O PADRE MARCELO, SOU DEVOTA DE NOSSA SENHORA DE FÁTIMA, GOSTO DOS ÍNDIOS E PRETOS VELHOS, GOSTO DE MISTICISMO, SOU UMA GRANDE MISTURA...(TODOS POR MOTIVOS BEM ESPECIAIS)
ISTO NÃO É FALTA DE PONTOS DE VISTA, PELO CONTRÁRIO, PROCURO REUNI-LOS E TIRAR COMO LIÇÃO O QUE OFERECEM DE BOM.
O MUNDO ESTÁ POVOADO DE BOAS PESSOAS, DE PESSOAS ESPECIAIS QUE NOS ACRESCENTAM BOAS NOVAS A CADA DIA.
ESTA SOU EU, ASSIM PROCURO ENCONTRAR RESPOSTAS...
UM FORTE ABRAÇO,
GISLENE.
PS. E VOCÊ ELIZABETH, O QUE PENSAS DISSO? ME FALA TÁ, BEIJOS.