domingo, 30 de maio de 2010

O que mais sofremos


O que mais sofremos no mundo -

Não é a dificuldade. É o desânimo em superá-la.
Não é a provação. É o desespero diante do sofrimento.
Não é a doença. É o pavor de recebê-la.
Não é o parente infeliz. É a mágoa de tê-lo na equipe familiar.
Não é o fracasso. É a teimosia de não reconhecer os próprios erros.
Não é a ingratidão. É a incapacidade de amar sem egoísmo.
Não é a própria pequenez. É a revolta contra a superioridade dos outros.
Não é a injúria. É o orgulho ferido.
Não é a tentação. É a volúpia de experimentar - lhes os alvitres.
Não é a velhice do corpo. É a paixão pelas aparências.
Como é fácil de perceber, na solução de qualquer problema, o pior problema é a carga de aflição que criamos, desenvolvemos e sustentamos contra nós.


Francisco Cândido Xavier.
Ditado pelo Espírito Albino Teixeira.

sábado, 29 de maio de 2010

Presente do Jorge






Muito obrigada, que ótimo ganhar  um presente! Ser lembrado é muito especial.
Esse lindo mimo veio do Jorge do blog http://nectantaurus.blogspot.com/  - Nectan Reflexões,  nosso amigo muito gentil.
Oferecemos esse lindo selinho a todos que aqui vierem para nos presentear com sua amizade.

sexta-feira, 28 de maio de 2010

Quem Ama


Quem ama nada exige.

Perdoa sem traçar condições.
Sabe sacrificar-se pela felicidade alheia.
Renuncia com alegria ao que mais deseja.
Não espera reconhecimento.
Serve sem cansaço.
Apaga-se para que outros brilhem.
Silencia as aflições, ocultando as próprias lágrimas.
Retribui o mal com o bem.
É sempre o mesmo em qualquer situação.
Vive para ser útil aos semelhantes.
Agradece a cruz que leva sobre os ombros.
Fala esclarecendo e ouve compreendendo.
Crê na Verdade e procura ser justo.
Quem ama, qual o samaritano anônimo da parábola do Mestre, levanta os caídos da estrada, balsamiza-lhes as chagas, abraça-os fraternalmente e segue adiante...

Francisco Cândido Xavier; Baccelli - Da obra: Brilhe Vossa Luz.
Ditado pelo Espírito Alexandre de Jesus.

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Presente da Suely




Ser lembrado é muito bom!
Ganhamos esse lindo selo,  da Suely do blog http://amoralemdavida-dois.blogspot.com/,   muito obrigada, querida amiga, pela lembrança.
Queremos compartilhar, esse lindo presente, com todos os amigos que sempre visitam o nosso bloguinho.

terça-feira, 25 de maio de 2010

Morrer é preciso

Nós estamos acostumados a ligar a palavra morte apenas à ausência de vida e isso é um grande erro. Existem outros tipos de morte. E precisamos morrer todo dia. A morte nada mais é do que uma passagem, uma transformação. Não existe planta sem a morte da semente, não existe embrião sem a morte do óvulo, não existe borboleta sem a morte da lagarta. A morte nada mais é que o ponto de partida para o início de algo novo, a fronteira entre o passado e o futuro.
Se você quer ser um bom universitário, mate dentro de você o secundarista aéreo que acha que ainda tem muito tempo pela frente. Quer ser um bom profissional? Então mate dentro de você o universitário descomprometido que acha que a vida se resume a estudar só para fazer provas. Quer ter um bom relacionamento? Então mate dentro de você o jovem inseguro, ciumento, crítico, exigente, imaturo, egoísta ou o solteiro que pensa que pode fazer planos sozinho, sem ter que dividir espaços e projetos com mais ninguém. Quer ter boas amizades? Então mate dentro de si a pessoa insatisfeita e descompromissada. Na verdade, todo processo de evolução exige que matemos o nosso "eu" passado.
E qual o risco de não agirmos assim? O risco de sermos duas pessoas ao mesmo tempo, perdendo o nosso foco, comprometendo essa produtividade, e, por fim, prejudicando o nosso sucesso pessoal e 'coletivo'. Muitas pessoas não evoluem porque ficam se agarrando ao que eram, não se projetam para o que serão ou desejam ser. Elas querem a nova etapa, sem abrir mão da forma como pensavam ou como agiam.
Quer ser alguém (líder, profissional, pai ou mãe, cidadão ou cidadã, amigo ou amiga) melhor e evoluído? Então, o que você precisa matar em si, ainda hoje, é o "egoísmo" de não abrir mão do passado. Só assim nascerá o 'ser' com quem você tanto sonha. Pense nisso e morra. Mas, não esqueça de nascer melhor ainda. O valor das coisas não está no tempo em que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso, existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis.
Texto de Fernando Pessoa.



terça-feira, 18 de maio de 2010

Pérolas de Emmanuel/Chico Xavier

O dinheiro total da Terra não paga a fortuna de um sorriso, nem compra a beleza da consciência.
Reflete no tesouro da fala e ajuda ao próximo com as boas palavras.
Se a leviandade te desafia, ajuda ao companheiro de jornada, orientando-lhe o pensamento para o que seja nobre e justo.
Todo mal é sombra e toda sobra obscurece.
A roseira espinhosa produz essências raras.
E qual acontecia ontem, a oportunidade de sublimação hoje, é inalterável.
O momento é de prova? Ergue-te e aceita a vida.
O vinagre da crítica conserva os pomos envenenados da discórdia e o atrito inútil é perda irreparável do tempo.
O mensageiro do Cristo é o braço do Evangelho.
Não olvides a preciosidade dos olhos e enriquece-te de luz fixando os quadros do bem.
Ontem foi a lição, hoje é a oportunidade. Faze o melhor que possas, serve, ama e confia.
Colaboremos no bem comum, sem alardear notas de superioridade perturbadora.
Não te esqueças da riqueza encerrada em teu auxílio no próprio corpo.
Deus que é a Providência de tua alma dilacerada, é igualmente a Providência dos que te ferem.
A fé nos confere consolação, mas nos reveste de responsabilidade, a que não podemos fugir.
Se nada oferecemos de útil, que podemos receber das energias que difundem na Terra o suprimento dos recursos divinos?
Não cobicemos dos outros senão as virtudes e as qualidades respeitáveis que nos compete imitar na experiência comum.
Não há um mestre ausente da escola do mundo, mas sim aprendizes que fogem indefinidamente à lição.
Onde fores defrontado pela calúnia, sê a palavra amiga do esclarecimento benéfico.
Não pedirás do botão entreaberto o prodígio da rosa que só amanhã desabrochará plena de cor e perfume.
Enquanto o Sol, sem palavras, consegue inspirar confiança ao viajor, o vento ruidoso e forte, provoca medo e reação por onde passa.
Peças diretrizes à Vida Superior, antes de haver praticado a fraternidade no círculo de criaturas em que te encontras.
O evangelho não improvisa heróis e nem relega aos anjos tarefas que devem estar em nossas mãos.
Se o lodo transforma em lodo a terra que o visita, o fogo converte em fogo o combustível que o procura. O proprietário da vinha não cederia ao lavrador uma enxada com destino à ferrugem.
Não nos cansemos de aprender, entendendo que o progresso da alma é infinito, no espaço e no tempo.
“Nunca ande pelo caminho traçado, pois ele conduz somente até onde os outros foram.”


Alexandre Graham Bell.

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Não acredite

Não acredite em algo simplesmente porque ouviu.
Não acredite em algo simplesmente porque todos falam a respeito.
Não acredite em algo simplesmente porque esta escrito em seus livros religiosos.
Não acredite em algo só porque seus professores e mestres dizem que é verdade.
Não acredite em tradições só porque foram passadas de geração em geração.
 Mas depois de muita análise e observação, se você vê que algo concorda com a razão, e que conduz ao bem e beneficio de todos, aceite-o e viva-o.



Buda

quinta-feira, 6 de maio de 2010