sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Feliz Ano Novo!

Para ser feliz,

próspero,
vencedor,
receber amores e dádivas,
bênçãos e distinções,
podes formular votos,
tecer esperanças,
alinhavar projetos,
enumerar decisões,
vestir cores certas,
brindar à sorte.
Porém, se no coração,
o homem velho prossegue,
se o ontem ainda te governa,
se melhoras apenas te farão,
mais forte no que te é dispensável,
então prosseguirás,
ano após ano,
imerso no mesmo tempo,
estacionário,
por livre e espontânea vontade,
de um eterno ano velho,
passado.

André Luiz

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Algo a Mais no Natal


Senhor Jesus!
Diante do Natal, que te lembra a glória na manjedoura, nós te agradecemos:
a música da oração;
o regozijo da fé;
a mensagem de amor;
a alegria do lar;
o apelo à fraternidade;
o júbilo da esperança;
a confiança no bem;
o tesouro de tua paz;
a palavra da Boa Nova;
e a confiança no futuro! ...

Entretanto, oh! Divino Mestre, de corações voltados para o teu coração, nós te suplicamos algo mais! . Concede-nos, Senhor, o dom inefável da humildade para que tenhamos a precisa coragem de seguir-te os exemplos!
                                                                                   Emmanuel






quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Presente da Suely

Ganhamos esse lindo selinho da Suely do blog Claridade e Amor, muito obrigada, querida,  pelo presente.

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Respostas de Chico

Qual é a verdade desta vida?


Chico Xavier :
- Há algum tempo, um espírito amigo, aliás, um trovador de renome, ao referir-se à Verdade, me disse que ela se parece a um espelho do Céu que se quebrou ao tocar na Terra, em inúmeros fragmentos. Cada um de nós possui um pequeno pedaço desse espelho simbólico, com o qual pode observar a própria imagem, aperfeiçoando-a sempre.

sábado, 27 de novembro de 2010

Bazar de Natal da Vila








Lindos artesanatos feitos pelo querido grupo de amigas, que toda quarta-feira se encontram para confeccionar essas belezuras.

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Refletindo...

                                           "Todo deserto é belo, porque esconde um poço em algum lugar."


                                                        




 Antoine de Saint-Exúpery

domingo, 7 de novembro de 2010

"Deus nos concede, a cada dia, uma página de vida nova no livro do tempo. Aquilo que colocarmos nela, corre por nossa conta."

Chico Xavier

sábado, 6 de novembro de 2010

Ganhamos da Amiga Lena

Esse lindo selinho foi presente da Lena Lima do blog  http://enkantosdalena.blogspot.com/. Muito obrigada, querida, pela lembrança.

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Uma frase da querida Cora Coralina

                                       ´´Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina``.

domingo, 10 de outubro de 2010

Frivolité - muito delicado

Esse artesanato lindo, bem trabalhoso, fica maravilhoso como barrado. Quem fez foi a Silvia.

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

´´O essencial é invisivel aos olhos``



"Eis o meu segredo:   só se vê bem com o coração. 
O essencial é invisível aos olhos. Os homens esqueceram essa verdade, mas tu não a deves esquecer. Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas."

(Antoine de Saint-Exupéry em  - O Pequeno Príncipe)

domingo, 3 de outubro de 2010

Porta-biju

Telinha emborrachada com  fuxicos , para organizar brincos. Arte da Bel.

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Tapete de croche

Esta saindo um lindo tapete de croche para o nosso Bazar de Natal.
Mãozinhas arteiras da Bel, rapidinha, rapidinha. Beleza!

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Meninas arteiras

Essas são as mãozinhas da Ana, lindas...
Bordou  no capricho o ponto oitinho.
Ana, voce é DEZ MIL.

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Blusinha para bebê - muito fofas!

Lindas!  Lindas!  As mãozinhas maravilhosas, das meninas arteiras, fazem milagres com  linhas e lãs.

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Dez maneiras de amar nós mesmos

1 - Disciplinar os próprios impulsos.
2 - Trabalhar, cada dia, produzindo o melhor que pudermos.
3 - Atender aos bons conselhos que traçamos para os outros
4 - Aceitar sem revolta a crítica e a reprovação.
5 - Esquecer as faltas alheias sem desculpar as nossas.
6 - Evitar as conversações inúteis.
7 - Receber o sofrimento o processo de nossa educação.
8 - Calar diante da ofensa, retribuindo o mal com o bem.
9 - Ajudar a todos, sem exigir qualquer pagamento de gratidão.
10 - Repetir as lições edificantes, tantas vezes quantas se fizerem necessárias, perseverando no aperfeiçoamento de nós mesmos sem desanimar e colocando-nos a serviço do Divino Mestre, hoje e sempre.




sábado, 17 de julho de 2010

VOCÊ MESMO


Lembre-se de que você mesmo é:
o melhor secretário de sua tarefa,
o mais eficiente propagandista de seus ideais, a mais clara demonstração de seus princípios,
o mais alto padrão do ensino superior que seu espírito abraça e a mensagem viva das elevadas noções que você transmite aos outros.
Não se esqueça, igualmente, de que:
o maior inimigo de suas realizações mais nobres,
a completa ou incompleta negação do idealismo sublime que você apregoa,
a nota discordante da sinfonia do bem que pretende executar, o arquiteto de suas aflições
e o destruidor de suas oportunidades de elevação.

— é você mesmo.

terça-feira, 13 de julho de 2010

Presente de amigo - Muito obrigada

Esse lindo selinho veio do Jorge do http://nectantaurus.blogspot.com/ - Nectan Reflexões, nosso amigo, sempre presente.

quinta-feira, 8 de julho de 2010

Pensamento de Chico


A gente pode morar numa casa mais ou menos, numa rua mais ou menos, numa cidade mais ou menos, e até ter um governo mais ou menos.
A gente pode dormir numa cama mais ou menos, comer um feijão mais ou menos, ter um transporte mais ou menos, e até ser obrigado a acreditar mais ou menos no futuro.
A gente pode olhar em volta e sentir que tudo está mais ou menos...
TUDO BEM!
O que a gente não pode mesmo, nunca, de jeito nenhum...
é amar mais ou menos, sonhar mais ou menos, ser amigo mais ou menos, namorar mais ou menos, ter fé mais ou menos, e acreditar mais ou menos.
Senão a gente corre o risco de se tornar uma pessoa mais ou menos.

Chico Xavier

terça-feira, 29 de junho de 2010

Cansaço


Quando você estiver pensando:


. nas hostilidades do mundo...
. nas aflições capazes de surgir...
. nos erros das pessoas queridas...
. na desorientação de algum parente...
. nos críticos que lhe observam a estrada...
. na angústia que lhe ensombra o coração...
. no desprezo que se crê vítima...
. nas ingratidões que supões haver sofrido...
. na deserção de algum ente amado...
. nos seus próprios desejos desatendidos...

Não se admita em doença grave,
nem julgue que você esteja
querendo socorrer o mundo ou melhora-lo.
Com semelhantes problemas
você apenas demonstra que se cansou
de estar unicamente em si mesmo,
na concha do “eu”, em que se isola.
Quando isso estiver acontecendo consigo,
você tão-somente sofre de cansaço emocional e,
para curar-se, basta uma indicação:
- Busque esquecer-se, fuja de si mesmo,
reflita nos problemas dos companheiros
em dificuldades maiores do que as nossas
e procuremos trabalhar.

Chico Xavier – André Luiz (espírito)

sábado, 19 de junho de 2010

A Amizade

A amizade é o sentimento que imanta as almas umas às outras, gerando alegria e bem-estar.
A amizade é suave expressão do ser humano que necessita intercambiar as forças da emoção sob os estímulos do entendimento fraternal.
Inspiradora de coragem e de abnegação, a amizade enfloresce as almas, abençoando-as com resistências para as lutas.
Há, no mundo moderno, muita falta de amizade.
O egoísmo afasta as pessoas e as isola.
A amizade as aproxima e irmana.
O medo agride as almas e infelicita.
A amizade apazigua e alegra os indivíduos.
A desconfiança desarmoniza as vidas e a amizade equilibra as mentes, dulcificando os corações.
Na área dos amores de profundidade, a presença da amizade é fundamental.
Ela nasce de uma expressão de simpatia, e firma-se com as raízes do afeto seguro, fincadas nas terras da alma.
Quando outras emoções se estiolam no vaivém dos choques, a amizade perdura, companheira devotada dos homens que se estimam.
Se a amizade fugisse da Terra, a vida espiritual dos seres se esfacelaria.
Ela é meiga e paciente, vigilante e ativa.
Discreta, apaga-se, para que brilhe aquele a quem se afeiçoa.
Sustenta na fraqueza e liberta nos momentos de dor.
A amizade é fácil de ser vitalizada.
Cultivá-la, constitui um dever de todo aquele que pensa e aspira, porquanto, ninguém logra êxito, se avança com aridez na alam ou indiferente ao elevo da sua fluidez.
Quando os impulsos sexuais do amor, nos nubentes, passam, a amizade fica.
Quando a desilusão apaga o fogo dos desejos nos grandes romances, se existe amizade, não se rompem os liames da união.
A amizade de Jesus pelos discípulos e pelas multidões dá-nos, até hoje, a dimensão do que é o amor na sua essência mais pura, demonstrando que ela é o passo inicial para essa conquista superior que é meta de todas as vidas e mandamento maior da Lei Divina.

(Do livro “Momentos de Esperança”, de Divaldo Pereira Franco – Joanna de Angellis)

quarta-feira, 9 de junho de 2010

O Passe


Meu amigo, o passe é transmissão de energias fisio-psíquicas, operação de boa vontade, dentro da qual o companheiro do bem cede de si mesmo em teu benefício.

Se a moléstia, tristeza e amargura são remanescentes de nossas imperfeições, enganos e excessos, importa considerar que, no serviço do passe, as tuas melhoras resultam da troca de elementos vivos e atuantes.

Trazes detritos e aflições e alguém te confere recursos novos e bálsamos reconfortantes.

No clima da prova e da angústia, és portador da necessidade e do sofrimento.

Na esfera da prece e do amor, um amigo se converte no instrumento da Infinita Bondade, para que recebas remédio e assistência.

Ajuda o trabalho de socorro a ti mesmo com o esforço da limpeza interna.

Esquece os males que te apoquentam, desculpa as ofensas de criaturas que não te compreendem, foge ao desânimo destrutivo e enche-te de simpatia e entendimento para com todos que te cercam.

O mal é sempre a ignorância e a ignorância reclama perdão e auxílio para que se desfaça, em favor da nossa própria tranquilidade.

Se pretendes, pois, guardar as vantagens do passe que, em substância, é ato sublime de fraternidade cristã, purifica o sentimento e o raciocínio, o coração e o cérebro.

Ninguém deita alimento indispensável em vaso impuro.

Não abuse, sobretudo, daqueles que te auxiliam.

Não tomes o lugar do verdadeiro necessitado, tão só porque os teus caprichos e melindres pessoais estejam feridos.

O passe exprime também o gasto de forças e não deves provocar o dispêndio de energias do Alto, com infantilidades e ninharias.

Se necessitas de semelhante intervenção, recolhe-te à boa vontade, centraliza a tua expectativa nas fontes celestes do suprimento divino, humilha-te, conservando a receptividade edificante, inflama o teu coração na confiança positiva e, recordando que alguém vai arcar com o peso de tuas aflições, retifica o teu caminho, considerando igualmente o sacrifício incessante de Jesus por nós todos, porque, de conformidade com as letras sagradas "Ele tomou sobre si as nossas enfermidades e levou as nossas doenças"

Emmanuel - Psicografado por Chico Xavier

domingo, 30 de maio de 2010

O que mais sofremos


O que mais sofremos no mundo -

Não é a dificuldade. É o desânimo em superá-la.
Não é a provação. É o desespero diante do sofrimento.
Não é a doença. É o pavor de recebê-la.
Não é o parente infeliz. É a mágoa de tê-lo na equipe familiar.
Não é o fracasso. É a teimosia de não reconhecer os próprios erros.
Não é a ingratidão. É a incapacidade de amar sem egoísmo.
Não é a própria pequenez. É a revolta contra a superioridade dos outros.
Não é a injúria. É o orgulho ferido.
Não é a tentação. É a volúpia de experimentar - lhes os alvitres.
Não é a velhice do corpo. É a paixão pelas aparências.
Como é fácil de perceber, na solução de qualquer problema, o pior problema é a carga de aflição que criamos, desenvolvemos e sustentamos contra nós.


Francisco Cândido Xavier.
Ditado pelo Espírito Albino Teixeira.

sábado, 29 de maio de 2010

Presente do Jorge






Muito obrigada, que ótimo ganhar  um presente! Ser lembrado é muito especial.
Esse lindo mimo veio do Jorge do blog http://nectantaurus.blogspot.com/  - Nectan Reflexões,  nosso amigo muito gentil.
Oferecemos esse lindo selinho a todos que aqui vierem para nos presentear com sua amizade.

sexta-feira, 28 de maio de 2010

Quem Ama


Quem ama nada exige.

Perdoa sem traçar condições.
Sabe sacrificar-se pela felicidade alheia.
Renuncia com alegria ao que mais deseja.
Não espera reconhecimento.
Serve sem cansaço.
Apaga-se para que outros brilhem.
Silencia as aflições, ocultando as próprias lágrimas.
Retribui o mal com o bem.
É sempre o mesmo em qualquer situação.
Vive para ser útil aos semelhantes.
Agradece a cruz que leva sobre os ombros.
Fala esclarecendo e ouve compreendendo.
Crê na Verdade e procura ser justo.
Quem ama, qual o samaritano anônimo da parábola do Mestre, levanta os caídos da estrada, balsamiza-lhes as chagas, abraça-os fraternalmente e segue adiante...

Francisco Cândido Xavier; Baccelli - Da obra: Brilhe Vossa Luz.
Ditado pelo Espírito Alexandre de Jesus.

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Presente da Suely




Ser lembrado é muito bom!
Ganhamos esse lindo selo,  da Suely do blog http://amoralemdavida-dois.blogspot.com/,   muito obrigada, querida amiga, pela lembrança.
Queremos compartilhar, esse lindo presente, com todos os amigos que sempre visitam o nosso bloguinho.

terça-feira, 25 de maio de 2010

Morrer é preciso

Nós estamos acostumados a ligar a palavra morte apenas à ausência de vida e isso é um grande erro. Existem outros tipos de morte. E precisamos morrer todo dia. A morte nada mais é do que uma passagem, uma transformação. Não existe planta sem a morte da semente, não existe embrião sem a morte do óvulo, não existe borboleta sem a morte da lagarta. A morte nada mais é que o ponto de partida para o início de algo novo, a fronteira entre o passado e o futuro.
Se você quer ser um bom universitário, mate dentro de você o secundarista aéreo que acha que ainda tem muito tempo pela frente. Quer ser um bom profissional? Então mate dentro de você o universitário descomprometido que acha que a vida se resume a estudar só para fazer provas. Quer ter um bom relacionamento? Então mate dentro de você o jovem inseguro, ciumento, crítico, exigente, imaturo, egoísta ou o solteiro que pensa que pode fazer planos sozinho, sem ter que dividir espaços e projetos com mais ninguém. Quer ter boas amizades? Então mate dentro de si a pessoa insatisfeita e descompromissada. Na verdade, todo processo de evolução exige que matemos o nosso "eu" passado.
E qual o risco de não agirmos assim? O risco de sermos duas pessoas ao mesmo tempo, perdendo o nosso foco, comprometendo essa produtividade, e, por fim, prejudicando o nosso sucesso pessoal e 'coletivo'. Muitas pessoas não evoluem porque ficam se agarrando ao que eram, não se projetam para o que serão ou desejam ser. Elas querem a nova etapa, sem abrir mão da forma como pensavam ou como agiam.
Quer ser alguém (líder, profissional, pai ou mãe, cidadão ou cidadã, amigo ou amiga) melhor e evoluído? Então, o que você precisa matar em si, ainda hoje, é o "egoísmo" de não abrir mão do passado. Só assim nascerá o 'ser' com quem você tanto sonha. Pense nisso e morra. Mas, não esqueça de nascer melhor ainda. O valor das coisas não está no tempo em que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso, existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis.
Texto de Fernando Pessoa.



terça-feira, 18 de maio de 2010

Pérolas de Emmanuel/Chico Xavier

O dinheiro total da Terra não paga a fortuna de um sorriso, nem compra a beleza da consciência.
Reflete no tesouro da fala e ajuda ao próximo com as boas palavras.
Se a leviandade te desafia, ajuda ao companheiro de jornada, orientando-lhe o pensamento para o que seja nobre e justo.
Todo mal é sombra e toda sobra obscurece.
A roseira espinhosa produz essências raras.
E qual acontecia ontem, a oportunidade de sublimação hoje, é inalterável.
O momento é de prova? Ergue-te e aceita a vida.
O vinagre da crítica conserva os pomos envenenados da discórdia e o atrito inútil é perda irreparável do tempo.
O mensageiro do Cristo é o braço do Evangelho.
Não olvides a preciosidade dos olhos e enriquece-te de luz fixando os quadros do bem.
Ontem foi a lição, hoje é a oportunidade. Faze o melhor que possas, serve, ama e confia.
Colaboremos no bem comum, sem alardear notas de superioridade perturbadora.
Não te esqueças da riqueza encerrada em teu auxílio no próprio corpo.
Deus que é a Providência de tua alma dilacerada, é igualmente a Providência dos que te ferem.
A fé nos confere consolação, mas nos reveste de responsabilidade, a que não podemos fugir.
Se nada oferecemos de útil, que podemos receber das energias que difundem na Terra o suprimento dos recursos divinos?
Não cobicemos dos outros senão as virtudes e as qualidades respeitáveis que nos compete imitar na experiência comum.
Não há um mestre ausente da escola do mundo, mas sim aprendizes que fogem indefinidamente à lição.
Onde fores defrontado pela calúnia, sê a palavra amiga do esclarecimento benéfico.
Não pedirás do botão entreaberto o prodígio da rosa que só amanhã desabrochará plena de cor e perfume.
Enquanto o Sol, sem palavras, consegue inspirar confiança ao viajor, o vento ruidoso e forte, provoca medo e reação por onde passa.
Peças diretrizes à Vida Superior, antes de haver praticado a fraternidade no círculo de criaturas em que te encontras.
O evangelho não improvisa heróis e nem relega aos anjos tarefas que devem estar em nossas mãos.
Se o lodo transforma em lodo a terra que o visita, o fogo converte em fogo o combustível que o procura. O proprietário da vinha não cederia ao lavrador uma enxada com destino à ferrugem.
Não nos cansemos de aprender, entendendo que o progresso da alma é infinito, no espaço e no tempo.
“Nunca ande pelo caminho traçado, pois ele conduz somente até onde os outros foram.”


Alexandre Graham Bell.

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Não acredite

Não acredite em algo simplesmente porque ouviu.
Não acredite em algo simplesmente porque todos falam a respeito.
Não acredite em algo simplesmente porque esta escrito em seus livros religiosos.
Não acredite em algo só porque seus professores e mestres dizem que é verdade.
Não acredite em tradições só porque foram passadas de geração em geração.
 Mas depois de muita análise e observação, se você vê que algo concorda com a razão, e que conduz ao bem e beneficio de todos, aceite-o e viva-o.



Buda

quinta-feira, 6 de maio de 2010

sexta-feira, 30 de abril de 2010

Atitudes


Ao levantar, sempre, devemos nos lembrar de agradecer pela maravilhosa dádiva da vida e pelas experiências que ela oferece.

Para se sentir verdadeiramente agradecido, é preciso reconhecer que os recursos naturais estão à disposição de todos e devem ser bem utilizados.

A atitude agradecida nos conecta com a graça divina e, se com ela começarmos o dia, estaremos conscientes das infinitas oportunidades que somos presenteados a cada instante.

domingo, 25 de abril de 2010

Ajuda-te que o céu te ajudará


Narra-se que um sábio caminhava com os discípulos por uma estrada tortuosa, quando encontraram um homem piedoso que, ajoelhado, rogava a Deus que o auxiliasse a tirar seu carro do atoleiro.
Todos olharam o devoto, sensibilizaram-se e prosseguiram.
Alguns quilômetros à frente, havia um outro homem que tinha, igualmente, o carro atolado num lodaçal. Esse, porém, esbravejava reclamando, mas tentava com todo empenho liberar o veículo.
Comovido, o sábio propôs aos discípulos ajudá-lo.
Reuniram todas as forças e conseguiram retirar o transporte do atoleiro. Após os agradecimentos, o viajante se foi feliz.
Os aprendizes surpresos, indagaram ao mestre: Senhor, o primeiro homem orava, era piedoso e não o ajudamos. Este, que era rebelde e até praguejava, recebeu nosso apoio. Por quê?
Sem perturbar-se, o nobre professor respondeu: Aquele que orava, aguardava que Deus viesse fazer a tarefa que a ele competia. O outro, embora desesperado por ignorância, empenhava-se, merecendo auxílio.
Não basta pedir ajuda a Deus, é preciso buscar, conforme o ensino de Jesus: Buscai e achareis, batei e abrir-se-vos-á.
Devemos, portanto, fazer a nossa parte que Deus nos ajudará no que não estiver ao nosso alcance resolver.

sábado, 24 de abril de 2010

A HISTÓRIA DA CHAVE - Lindos Casos de Chico Xavier


Com a saída do chefe da casa e dos filhos mais velhos para o trabalho e com a ausência das crianças na escola, Dona Cidália era obrigada, por vezes, a deixar  a casa, a sós, porque devia buscar lenha, à distância.
Aí começou a dificuldade.
Certa vizinha, vendo a casa fechada, ia ao quintal e colhia as verduras.
A madrasta bondosa preocupou-se.
Sem verduras não haveria dinheiro para o serviço escolar.
Dona Cidália observou... observou...
E ficou sabendo quem lhes subtraia os recursos da horta; entretanto, repugnava-lhe a idéia de ofender uma pessoa amiga por causa de repolhos e alfaces.
Chamou, então, o Chico e lembrou.
- Meu filho, você diz que, às vezes, encontra o Espírito de Dona Maria. Peça-lhe um conselho. Nossa horta está desaparecendo e, sem ela, como sustentar a casa?
Chico procurou o quintal à tardinha e rezou e, como de outras vezes, a mãezinha apareceu.
O menino contou-lhe o que se passava e pediu-lhe socorro.
D. Maria então lhe disse:
- Você diz a Cidália que realmente não devemos brigar com os vizinhos que são sempre pessoas de quem
necessitamos. Será então aconselhável que ela dê a chave da casa à amiga que vem lhe talando a horta, sempre que precise ausentar-se, porque, desse modo, a vizinha ao invés de prejudicar os legumes, nos ajudará a tomar conta deles.
Dona Cidália achou o conselho excelente e cumpriu a determinação.
Foi assim que a vizinha não mais tocou nas hortaliças, porque passou a responsabilizar-se pela casa inteira.

Ramiro Gama – Livro “Lindos Casos de Chico Xavier”

segunda-feira, 19 de abril de 2010

Uso das Águas

O ser humano, tanto quanto o animal e o vegetal, não pode viver sem água, pois ela faz parte da sua genealogia física. Esse líquido, por excelência superior, é o intermediário de maior importância para conduzir a energia magnética espiritual. Educando a tua mente, podes, ao tomar água pura, torná-la medicamento valioso, fortificante da mais alta qualidade, capaz de substituir, com a riqueza da química mental, os remédios mais famosos.
Fica sabendo que, por onde andares, tendo água por perto, em muitos casos, deixas fluidos que te são próprios, para constituição desse líquido. A água é a segurança do corpo físico, pois setenta e cinco por cento dele é constituído dela. Também a Terra, como um corpo maior, a sua extensão em água é de igual proporção. E ainda mais, a vida flutuou nos primórdios na Terra, na vastidão oceânica. Biologicamente, és filho das águas, com a intervenção do sol que as beijou, pela atmosfera, no leito do mundo...
Se alguém te ofertar um vaso de água, conversa com ele antes de beber, dividindo a tua mente com a fala e a operação limpeza.
Miramez

sexta-feira, 16 de abril de 2010

Bom-Humor

Conserva, em tudo, o teu bom-humor.
Um simples sorriso remove muitos obstáculos.
A alegria é uma força que se propaga.
Sorri e todos haverão de sorrir contigo.
O sorriso espontâneo desarma os espíritos, flexibilizando o coração mais endurecido.
O teu sorriso é a tua própria alma que se exterioriza.
Junto de quem sorri, a tristeza não se demora.
A alegria é tônico para a saúde do corpo e alimento para a alma.
Não vivas de semblante fechado como o Sol entre as nuvens.
Estampa no rosto o teu sorriso de simpatia e todos os teus caminhos haverão de iluminar-se.

Irmão José

quarta-feira, 14 de abril de 2010

Viver com Alegria


Alguém que cultiva a alegria de viver já possui um tesouro. Esparze-o onde te encontres e oferta-o a quem se te acerque, tornando mais belo o dia a dia de todos os seres com o sol do teu júbilo.
Se já encontraste Jesus, melhor razão tens para a alegria, porque envolto na Luz do mundo, nenhuma sombra te ameaça.
Serás, ao longo da vilegiatura carnal, o que te faças a cada instante, conforme o és, resultado do que te fizeste.
Alegra-te com a vida que desfrutas e agradece sempre a Deus a glória de saber e de amar para agir com acerto.
Joanna de Angelis/Divaldo P. Franco

terça-feira, 13 de abril de 2010

O Irmão


Quem dá para mostrar-se é vaidoso.
Quem dá para torcer o pensamento dos outros, dobrando-o aos pontos de vista que lhe são peculiares, é tirano.
Quem dá para livrar-se do sofredor é displicente.
Quem dá para exibir títulos efêmeros é tolo.
Quem dá para receber com vantagens é ambicioso.
Quem dá para humilhar é companheiro das obras malignas.
Quem dá para sondar a extensão do mal é desconfiado.
Quem dá para afrontar a posição dos outros é soberbo.
Quem dá para situar o nome na galeria dos benfeitores e dos santos é invejoso.
Quem dá para prender o próximo e explorá-lo é delinquente potencial.
Em todas essas situações, na maioria dos casos, quem dá se revela um tanto melhor que todo aquele que não dá, de mente cristalizada na indiferença ou na secura; todavia, para aquele que dá, irradiando o amor silencioso, sem propósitos de recompensa e sem mescla de personalismo inferior, reserva o Plano Maior o título de Irmão.

Emmanuel/Chico Xavier

segunda-feira, 5 de abril de 2010

Frases de Chico


“Abençoemos aqueles que se preocupam conosco, que nos amam, que nos atendem as necessidades... Valorizemos o amigo que nos socorre, que se interessa por nós, que nos escreve, que nos telefona para saber como estamos indo... A amizade é uma dádiva de Deus... Mais tarde, haveremos de sentir falta daqueles que não nos deixam experimentar a solidão!”


“A caridade é um exercício espiritual... Quem pratica o bem, coloca em movimento as forças da alma. Quando os espíritos nos recomendam, com insistência a prática da caridade, eles estão nos orientando no sentido de nossa própria evolução; não se trata apenas de uma indicação ética, mas de profundo significado filosófico...”

“Tudo o que pudermos fazer no bem, não devemos adiar... Carecemos somar esforços, criando, digamos, uma energia dinâmica que se anteponha às forças do mal... Ninguém tem o direito de se omitir.”
                                                                                                                                        Chico Xavier

domingo, 4 de abril de 2010

O coelhinho passou pela Vila

As crianças da Evangelização recebendo os ovinhos de chocolate. Olhem só os olhinhos deles.