sábado, 2 de janeiro de 2010

O Ciclo da Vida


O ciclo da Vida é um eterno recomeço.
Um constante vir-a-ser.
Infindável ir-e-vir, como as ondas do oceano.
Tudo nasce, cresce, atinge o apogeu, se retrai, morre e... torna a renascer.
A flor em botão sabe que o seu destino é se abrir ao Sol e, em seguida, fenecer.
E, mesmo assim, não recusa a se doar em beleza e perfume à Natureza.
A lagarta não se acomoda ao casulo que a protege, embora perceba os perigos a que estará exposta, ao transfigurar-se em falena.
O pássaro abandona o aconchego do ninho e alça irreversível vôo na amplidão...
Se não se triturasse sob a mó, o trigo não se faria pão farto sobre a mesa.
A morte é um simples estágio, dos mais primários, do ciclo da Vida, que jamais se interrompe.

Um comentário:

Espírito Azul disse...

A vida é uma constante renovação desde microcosmo ao macrocosmo e não percebemos a grandeza da obra de Deus a nossa volta. Com a correria do dia a dia não podemos perceber o ciclo da vida que se renova constantemente e onde com nosso olhar vemos destruição, não conseguirmos perceber renovação. Que o Blog Vila das Amigas comece o ano cheio de renovação, com o coração repleto de alegria sobre a égido do Cristo sempre a levar o trabalho e o consolo aos irmãos leitores destas páginas dignas de amor e carinho. Abraços!