quinta-feira, 4 de março de 2010

Observe para atender

Você comentará falhas alheias, sem resultado edificante, e se fará dilapidador das fraquezas do próximo.
Você censurará o vizinho, sem lhe retificar a posição, e se converterá em juiz impiedoso das vicissitudes dos outros.
Você discutirá as imperfeições do amigo, sem lhe modificar a situação moral, e se transformará em algoz de quem já é vitima de si mesmo.
Você debaterá problemas dos conhecidos, sem os solucionar, e se tornará leviano examinador das causas que lhe não pertencem.
Você exporá feridas do caráter das pessoas, sem as medicar, e se situará na condição de enfermeiro negligente em doenças a que lhe não cabe oferecer assistência.
Cale o verbo que não ajuda, observe e sirva.
Você caminha sob a mesma ameaça. Os outros observam-no também.
Deixe que a tentação da censura morra asfixiada no algodão do silêncio.
Ninguém é infeliz por prazer.
Os que mais erram são doentes contumazes que requerem o medicamento fraterno da prece e do entendimento.
O comentário improdutivo é gás que asfixia as plantas da esperança alheia.
Sua censura é espinho na alma do vizinho.
A exposição dos insucessos do próximo é estilete a ferir-lhe a chaga aberta.
Recorde o Mestre e examine-se.
Sua ascensão apóia-se na ascensão dos companheiros.
A queda de alguém é embaraço em seu caminho.
Auxilie sem exigência e indistintamente.
Permita ao grande tempo a tarefa de corrigir e educar. Confira a você mesmo o impositivo somente de ajudar.

5 comentários:

Jorge disse...

Tem uma frase que diz o seguinte: são duas coisas que destroem na questão da lingua: falar quando se deve calar e calar-se quando precisa falar.
Para pensar, não é mesmo?

Beijão,
Jorge

JR disse...

As palavras do querido Jorge disseram tudo.
Omissão é calar quando precisamos falar e falar quando devíamos silenciar.
O momento deve sempre nos pedir uma reflexão sobre o que vamos dizer em determinadas situações e até que ponto isso vai ser util ao outro em estendimento a nós mesmos.
Lindo texto e bastante oportuno.
abraços afetuosos

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Olá.

Nesta visita ao seu espaço de sonhos e sentimentos
recolho palavras para alimentar o espírito
e torná-lo melhor para entender os sentidos
que nos cercam.

Palavras assim se justificam pelas lições que semeiam em cada coração.

*Teresa Cristina* disse...

Bom diaaaaa!!!!!!
Minha avó tinha um dizer que era assim: quando não tiver nada de útil e bom para dizernão perca a grande oportunidade da vida, fique de boca fechada!!!!
E com o tempo vc vai tendo contato com outras pessoas e amadurecendo e compreendendo o sentido de suas palavras, o quanto é importante a sua postura diante da vida, saber ouvir é muito importante e falar também , mas o que falar e quando falar é mais importante ainda.
bom domingo pra ti.
bjss no ♥

*Teresa Cristina* disse...

Olha eu aqui de novo,rs...
Passando pra desejar bom começo de semana e Feliz dia das Mulheres....bjss♥